Brahma Kumaris

Foco, Meditação e Aprendizagem

Alimentação para memória

Alimentação para memóriaO melhor jeito para manter a memória saudável é através da alimentação.

Certos alimentos contem substâncias essenciais para o funcionamento da mente. Além disso, com pequenos hábitos alimentares é possível diminuir o envelhecimento cerebral e melhorar a memória e produtividade.

Os alimentos que aceleram o metabolismo como o óleo de coco, possui fontes de gorduras saudáveis o que é ótimo para mente.

Antioxidantes

Consumir alimentos ricos em antioxidantes é o primeiro passo para uma mente para saudável, tranquila e produtiva. Os antioxidantes no geral combatem o envelhecimento precoce da pele e da mente, além de prevenir doenças como Alzheimer e Parkinson, fatalmente relacionadas à produção de radicais livres pelo nosso organismo.

No geral, os alimentos ricos em antioxidantes naturais são as verduras, legumes e frutas.

Ômega-3

De forma geral, o nosso cérebro existem células que enviam mensagens de todo o cérebro a outras partes do corpo. Estas células são chamadas neurônios. As membranas em torno desses neurônios são compostas de gorduras e para manter uma ótima manutenção dessas células, o ideal é o consumo de gorduras do tipo ômega 3 que têm o poder de restaurar as membranas que rodeiam os neurônios fazendo com que fiquem mais flexíveis e maleáveis.

Dessa maneira, o ômega-3 é um importante nutriente que pode turbinar sua mente.

Além disso, o ômega-3 evita o desenvolvimento de processos inflamatórios. Ajuda a diminuir os níveis de triglicerídeos e colesterol ruim no sangue.

Magnésio

Comer alimentos ricos em magnésio também é muito importante para a saúde do cérebro. Esse nutriente melhora o funcionamento do cérebro porque participa na transmissão de impulsos nervosos aumentando a capacidade de memória e de aprendizagem.

Alguns alimentos com magnésio são sementes de abóbora, amêndoas, avelãs e castanha-do-pará. Alguns suplementos alimentares, como Pro Burn X, podem ser ótimas fontes de magnésio.

Nutricionistas e especialistas da saúde advertem para um bom funcionamento cerebral se aconselha a ingestão de 400 mg de magnésio diariamente, preferencialmente através da alimentação.

Veja a seguir, os sinais de deficiência em magnésio:

Zinco

Ingerir a quantidade correta de zinco diariamente pode fazer uma grande diferença para sua saúde mental. Esse mineral ajuda a desintoxicar o cérebro dos metais pesados e previne o Alzheimer.

O zinco remove de maneira eficiente essas toxinas do organismo evitando que se acumulem no tecido e causem dano. Além de ajudar na remoção dessas toxinas, o zinco ainda ajuda a manter as células do cérebro saudáveis.

O zinco tem papel fundamental na função neurotransmissora e ajuda a manter a estrutura e a saúde cerebral, fazendo o cérebro ser mais ágil e produtivo.